O pai suficientemente bom

No dia 07/08, ocorreu mais uma edição da Terça Psicanalítica, com o tema: “O pai suficientemente bom”.


A mesa composta pelo filósofo Francisco Fianco e pela psicanalista Elisabeth Guarnier, intercambiando Filosofia e Psicanálise, proporcionou uma rica discussão com os presentes acerca da função paterna em novos tempos. 


Tempos nos quais a subjetividade vem mudando, e que, com a  introdução de novas formas de vínculos entre pais e filhos, nos obriga a novas leituras desta função e a busca de novos parâmetros para melhor abordá-la e compreendê-la.